Growth Driven Design (GDD): O seu site morreu!

Publicado em 19 de Fevereiro de 2016 - Tempo de leitura -

Carlos Tesore - Sócio-fundador da Hook Digital

Siga-me:

Vamos ser honestos: o seu site morreu. 

Ele não gera negócios, não auxilia na jornada de compra, não transmite a mensagem que a sua empresa tanto batalha para passar. Se ainda não morreu, ele já está velho, desatualizado e sem ressonância com o público. E a sua alternativa também não é fácil: investir muito tempo e dinheiro em um novo portal, que vai consumir um esforço memorável e ficar velho em dois anos.

Mas existe uma potencial saída, mais econômica e comprovadamente mais rápida e efetiva, para ressuscitar de vez a sua presença digital e a transformar em mais um canal de geração de negócios: o Growth-Driven Design (GDD).

>> Leia também: O que é Growth Driven Design?

É uma estratégia digital de alto impacto nos resultados da empresa, tanto em vendas quanto em performance de marketing (especialmente quando aliada ao inbound marketing).

Explicarei em detalhes nas próximas linhas, mas antes de entrar a fundo no conceito e em como ganhar dinheiro com seu site, te convido para uma reflexão básica, mas de grande importância para o raciocínio a seguir (e também para a sua operação). Pense sobre essas questões: 

  • - Quantos negócios seu site gerou hoje?
  • - Quantos leads qualificados passam pelo seu site e saem sem deixar qualquer informação?
  • - Quais páginas ou conteúdos trazem mais resultados?
  • - O site será responsável por qual parcela da meta de vendas desse ano?

Se você não tem essas respostas ou ainda não tem informações mais básicas sobre os resultados gerados pelo site, é hora de você repensar sua sua estratégia, e definitivamente reposicionar seus ambientes digitais (site, blog e landing pages) como parte da estratégia de negócios.

Dica: nós podemos te ajudar nessa avaliação - é só clicar no botão abaixo!

QUERO UMA AVALIAÇÃO!

A equação parece simples, mas não é; e o cenário fica pior quando analisamos algumas estatísticas de mercado, segundo este estudo da Kissmetrics

    • - Aproximadamente 96% dos visitantes do seu site não estão prontos para comprar: isso significa que eles vão sair do seu ambiente sem deixar nenhuma informação
    • - Você tem apenas 8 segundos para fisgar a atenção da sua audiência, caso isso não aconteça... Adeus, potenciais clientes!
    • - Mesmo que você faça um bom trabalho e otimize todas as páginas do seu site, dificilmente você converterá mais de 2% de seus visitantes
    • - Ou seja: 98% do seu esforço para atrair público é desperdiçado - e pode incluir sua atuação em mídia online, mídias sociais, SEO, propaganda ou qualquer outro canal.

Diante dessa realidade, a primeira solução mágica que aparece em qualquer reunião de planejamento de marketing é: "Então vamos fazer um novo site!". Mais moderno, mais clean, mais vendedor.

Quantas vezes você já ouviu (ou até fez) essa sugestão? O problema é: depois que essa ideia é aprovada, ela se torna um pesadelo para todos; um elefante branco que só gera trabalho e prejuízo.

 

Só um novo site não vai resolver os seus problemas!

shutterstock_247917181_1.jpg

Por que não?

O modelo atual de desenvolvimento de site está cada vez mais em xeque. Geralmente, este método se divide em quatro fases, que tomam muito tempo, esforço e dinheiro:

  • Fase 1: São meses de planejamento, design e programação voltados apenas para uma repaginada visual, sem aderência aos prospects ou foco em geração de leads;
  • Fase 2: Depois de tanto esforço, o site é lançado e estaciona: pelos próximos dois ou três anos, terá pequenas manutenções sempre sob o ponto de vista da empresa e não da audiência;
  • Fase 3: Chegamos ao ponto onde o site já está absolutamente desatualizado e defasado, jogando contra a imagem e os negócios da sua empresa
  • Fase 4: Voltamos à primeira reunião: diante da situação caótica, alguém sugere "Vamos fazer um novo site!" e lá se vai mais tempo, recursos e dinheiro, muito dinheiro, mais uma vez.

 

Grothw Driven Design - Alto Risco

Veja o gráfico abaixo e tome suas próprias conclusões. Qual plataforma lhe parece entregar mais resultados? 

 

Growth Drive Design  

Se quiser saber mais sobre GDD, temos mais material explicativo - assine nossa newsletter e receba conteúdo a respeito de growth-driven design, estratégia digital, conteúdo, marketing, vendas, planejamento e como o inbound marketing pode impactar no seu negócio. 

 

Veja como não fazer: Os 10 erros mais comuns em um projeto de Inbound Marketing

Para outros insights, clique aqui: Vender

Posts relacionados

Quer falar sobre resultados? Dá um alô na gente. ;)

Resultado da busca